Motorista de app persegue suspeito de matar adolescente atropelado

Por Metro Jornal com Band

Um ciclista de 20 anos morreu na madrugada desta segunda-feira (11) após um atropelamento no bairro do Socorro, na zona sul de São Paulo. O condutor estava bêbado e só foi detido porque um motorista de transporte por aplicativo o seguiu e chamou a polícia. O infrator será indiciado por homicídio doloso, com o agravante de omissão de socorro.

Leia mais:
Militar usa turbante durante cerimônia de aniversário da rainha Elizabeth II
Tiago Abravanel homenageia Gaby Amarantos em semana de polêmica com o avô, Silvio Santos

O motorista do app estava voltando para casa quando percebeu que um carro estava passando pela avenida Atlântica em alta velocidade. Ele testemunhou o momento do acidente; o jovem, que estava andando de bicicleta, foi atingido e jogado longe com o impacto.

Ao ligar para a polícia, o motorista informou sobre o atropelamento e que o condutor bêbado estava fugindo. Ele começou a seguir o infrator, enquanto falava com os policiais. Uma viatura estava próxima e conseguiu alcançá-lo. O teste do bafômetro confirmou a embriaguez do condutor.

De acordo com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), o acidente aconteceu por volta das 3h, na altura da avenida Berta Waitman. Três viaturas do Corpo de Bombeiros atenderam a ocorrência.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo