Conta de água já está mais cara em São Paulo; entenda

Por Metro Jornal

A conta de água da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico de São Paulo) já está mais cara para os paulistanos. O aumento de 3,5% foi autorizado pela Arsesp (Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo).

Essa foi a segunda parte da revisão tarifária, que é aplicada pela companhia a cada quatro anos e leva em conta itens como projeção de demanda e custos operacionais. A primeira parte do reajuste, de 7,8%, ocorreu em novembro de 2017.

Para justificar a alta, a Sabesp disse à Arsesp que, até 2020, 95,7% das residências dos municípios em que presta serviço terão água canalizada e 86% com esgoto.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo