Criadouro clandestino de animais é descoberto e fechado em São Paulo

Por Metro Jornal

Um criadouro clandestino de cães foi fechado pela Polícia Civil, na tarde da última terça-feira (5), em Cidade Ademar, bairro na zona sul de São Paulo. Durante a ação, foram resgatados sete cachorros da raça maltês e um papagaio.

Equipe do 11º Distrito Policial foram até o local a partir de uma denúncia. Lá, os agentes encontraram os animais trancados na laje, onde viviam em condições precárias de saúde e higiene.

A proprietária da residência não apresentou qualquer documentação referente à compra dos animais e mantinha os cães sem tratamento veterinário necessário e adequado.

Os cachorros estavam sujos, assustados, com unhas grandes, pelos emaranhados, dentes quebrados e apodrecidos e infestados de pulgas, alguns ainda estavam molhados e machucados, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública.

Papagaio Papagaio também foi resgatado pelos policiais / Divulgação/Polícia Civil

Após serem resgatados, os animais foram entregues aos cuidados de um veterinário, de uma clínica vizinha à delegacia, que se voluntariou para atendê-los. Eles serão castrados e serão submetidos a um tratamento para recuperar a saúde.

A acusada já tinha passagem por este tipo de crime. Um veterinário, que a reconheceu, disse que ela já havia levado uma cadela, prenha e mal tratada, para seus cuidados. Segundo ele, a falta de atendimento em tempo oportuno foi determinante para que estado de saúde do animal e seus filhotes se agravasse, o que acabou levando-os a óbito.

Na ocasião, a acusada teria sido informada sobre a morte dos animais, mas não retornou à clínica, nem pagou pelos serviços. Agora, ela irá responder matar espécimes da fauna silvestre e praticar ato de abuso a animais. O caso será investigado a partir do registro de termo circunstanciado (TC).

Atenção! As imagens a seguir podem ser consideradas fortes para alguns públicos:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo