Fachin nega quebra de sigilo telefônico de Temer

Por Alerta BandNews FM

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, negou, nesta quinta-feira (7), a quebra do sigilo telefônico do presidente Michel Temer.

O pedido havia sido feito pela Polícia Federal que apura um suposto pagamento de propina da construtora Odebrecht ao MDB.

No entanto, o ministro do STF autorizou a medida para os ministros Eliseu Padilha, da Casa Civil, e Moreira Franco, de Minas e Energia.

Edson Fachin seguiu a recomendação da procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo