Rede elétrica de SP ganhará novos investimentos, mas isso pode impactar na conta de luz

Por Metro Jornal com Estadão Conteúdo

A Enel anunciou na última terça-feira (5) que pretende realizar investimentos de cerca de R$ 3,4 bilhões na Eletropaulo, entre 2019 e 2021. O valor – cerca de R$ 1 bilhão anualmente – está acima dos R$ 845 milhões anuais realizado nos últimos tempos pela atual administração em São Paulo. Contudo, com o aumento do custo da operação, a tarifa da conta de luz pode ser impactada.

Leia mais:
STJ autoriza suspensão da carteira de motorista de devedores
Caminhoneiros falam em nova greve: ‘se tabela cair, será pior que a última’

O anúncio foi feito pelo presidente da Enel Brasil, Carlo Zorzoli, em uma de suas primeiras declarações após a empresa ter acertado a compra do controle da distribuidora paulista. Ele explicou que os investimentos serão focados em manutenção, melhoria da qualidade dos serviços e novas conexões.

"Vamos trazer inovação, digitalização e melhora da confiabilidade do serviço para melhorar a eficiência e qualidade de serviço", disse o executivo, citando que a Enel tem um papel de liderança em termos na digitalização no mundo. A ideia é que a rede elétrica da capital paulista conte com um sistema digital, facilitando na identificação de falhas.

Questionado sobre o impacto desses investimentos adicionais na tarifa, o presidente da Enel Brasil lembrou que apenas 20% da conta de luz se refere aos serviços de distribuição, mas admitiu que o plano de investimentos deve influenciar na tarifa no futuro. Ele explicou, porém, que investimentos serão considerados, quando concluídos, na base de remuneração regulatória da distribuidora, o que só ocorre a cada quatro anos, nas revisões tarifárias. A próxima está marcada para 2019, mas Zorzoli considerou que "a maior parte dos investimentos" que influenciará no estabelecimento das tarifas do ano que vem já foram realizados.

Para a nova controladora, a Eletropaulo não realizou nos últimos anos os investimentos em um ritmo necessário, o que prejudicou a qualidade dos serviços e levou à queda dos indicadores. Zorzoli lembrou que no último ano, após um plano de melhorias, a Eletropaulo conseguiu melhorar alguns de seus indicadores, mas considerou que ainda há muito trabalho a fazer.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo