Governo será rigoroso na fiscalização do desconto do diesel, diz ministro

Por Rádio Bandeirantes

O governo será rigoroso na fiscalização para garantir que o desconto de R$ 0,46 no preço do diesel chegue às bombas. O aviso foi dado pelo ministro da Justiça, Torquato Jardim, entrevistado com exclusividade por José Luiz Datena na Rádio Bandeirantes nessa quarta-feira, 6.

Segundo ele, a questão é aritmética e quem diz não ser possível assegurar a redução está com “conversa fiada”.

O ministro também disse a Datena que o governo vai impedir que o desconto acabe no bolso de intermediários.

Ainda de acordo com ele, muitas notícias falsas circulam e nada indica uma nova greve dos caminhoneiros.

Segurança púbica

Na entrevista, o ministro da Justiça afirmou que o Brasil vive um “caos” na segurança pública. Na opinião dele, a solução passa necessariamente por uma mudança que coloque o governo federal como protagonista no combate à criminalidade.

Para Torquato Jardim, a Constituição de 1988 deixou esse papel com os Estados, que não estão conseguindo executá-lo.

O ministro da Justiça disse ainda que o crescimento do PCC virou uma preocupação em vários países, não apenas no Brasil.

Segundo Torquato, a facção já atua na Guatemala e El Salvador, na América Central, se aproximando do mercado de drogas nos Estados Unidos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo