Polêmica: CEO de companhia aérea diz que as mulheres não podem fazer o seu trabalho porque é "muito desafiador"

Por Wellington Botelho

O CEO da Qatar Airways, Akbar Al Baker, provocou polêmica depois de afirmar que uma mulher não seria capaz de fazer o seu trabalho. O executivo disse que a posição é "desafiadora" e que precisa ser liderada por um homem, conforme informou o jornal Metro UK.

A afirmação foi feita durante encontro da Associação Internacional de Transporte Aéreo. Al Baker foi questionado sobre o que poderia ser feito para lidar com a falta de mulheres na aviação do Oriente Médio. "É claro que tem que ser liderado por um homem, porque é uma posição muito desafiadora", disse em tom de humor após breve contextualização.

Em nova pergunta, Al Baker tentou remediar: "Será um prazer ter uma candidata que poderia desenvolver e se tornar CEO depois de mim".

Akbar disse depois que a Qatar Airways foi a primeira companhia na região a ter pilotos do sexo feminino e que a empresa tinha mulheres em cargos de alto escalão.

Estrutura

A Qatar Airways é uma das maiores companhias do mundo. Ela voa para 151 destinos desde a América do Norte, Europa, Médio Oriente, África, Ásia e América do sul.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo