STJ não reconhece carta que garante 60% de herança de Marcos Paulo a Fontenelle

Por Estadão Conteúdo

A luta da atriz e apresentadora Antonia Fontenelle para garantir sua participação na herança do ex-marido, o ator Marcos Paulo, continua se arrastando na Justiça. Após decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro reconhecer Antonia como herdeira legítima de Marcos, agora sua defesa busca o reconhecimento de um documento que garantiria 60% do total para ela.

Em decisão monocrática, a ministra Maria Isabel Galloti, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou agravo de instrumento impetrado pela defesa de Antonia pedindo o reconhecimento da carta escrita por Paulo, morto em 2012 após uma embolia pulmonar, em que ele garante o porcentual da herança para sua então esposa.

Segundo Adailton Rodrigues, um dos advogados que representam Fontenelle, a decisão não exclui a atriz da herança de Marcos, uma vez que isso já está decidido. "O que está em questão é o reconhecimento deste documento e foi por isso que entramos com este agravo de instrumento", disse ao E+, explicando que vão recorrer para que todos os ministros da 4ª Turma do STJ versem sobre o assunto.

No Instagram, Antonia Fontenelle publicou um vídeo reclamando da decisão da ministra e alega que está sofrendo perseguição da Justiça. "Eu me sinto muito perseguida por mulheres. E isso é uma sensação tão ruim. Mas eu ainda acredito na Justiça. Eu tenho certeza que nem todos os ministros pensam igual a senhora, ministra", desabafou.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo