Rodízio volta hoje em São Paulo; caminhão fica liberado

Por Metro Jornal

Com o fim da greve dos caminhoneiros, o rodízio de veículos volta ao normal nesta segunda-feira, para carros com placas final 1 e 2, das 7h às 10h e das 17h às 20h, dentro do centro expandido.

A frota de ônibus também vai às ruas com 100% dos coletivos. Mas, ainda como reflexo da paralisação, a prefeitura anunciou ontem que a circulação de todos os caminhões está liberada em todos os horários e vias da cidade de hoje até sábado, com o intuito de garantir o abastecimento de mercadorias na cidade e na Ceagesp. Com a nova regulamentação, os caminhões poderão trafegar em qualquer horário nas vias que compõem o minianel viário, incluindo as marginais, no centro expandido e dentro da Zona Máxima de Restrição à Circulação de Caminhões.

Nesse período, segundo a prefeitura, o rodízio de placas para caminhões também estará suspenso. Na semana passada, a prefeitura já havia liberado, em caráter excepcional, a circulação de caminhões de até três eixos que levassem combustíveis em qualquer horário.

Essa medida será válida por 60 dias. A volta à normalidade dos serviços públicos vai passar pela retomada, hoje, da coleta seletiva. Licenciamento O Detran-SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo) decidiu não punir por falta de licenciamento os veículos com placas final 2 até o dia 15 deste mês.

O prazo para regularização anual venceu dia 30, mas o Detran entendeu que, devido à greve dos caminhoneiros, os motoristas ficaram prejudicados com o atraso nas entregas dos Correios, inclusive dos documentos dos carros. Com a portaria, autuações e apreensões desses veículos por falta de licenciamento desses veículos só ocorrerão a partir de 16 de junho.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo