Lutador teria esquartejado namorada depois de descobrir traição no Tinder

Por Wellington Botelho

A polícia investiga uma tragédia que assombrou os moradores de Taiwan (China). O boxeador Gary Chu, 28 anos, é suspeito de esquartejar a namorada Yee-min Huang, 27 anos. O motivo seria que Huang traiu o companheiro com outros homens que ela conheceu no aplicativo de namoro Tinder, conforme informou o jornal Metro UK.

Tudo veio a tona, depois que o irmão da vítima Francis Huang pediu ajuda para procurar sua irmã que estava desaparecida. No mesmo dia, Chu afirmou em um post no Facebook que nenhuma vez a machucou Huang ou restringiu sua liberdade.

Francis então solicitou ajuda da polícia, que procurou a casa de Chu e a encontrou vazia. As autoridades então inspecionaram câmeras de vigilância, que revelou as últimas imagens de Yee-min. As imagens mostraram também Chu levando sacos de lixo de seu apartamento. Após buscas, as autoridades anunciaram que desenterraram os restos da vítima, enquanto o corpo de Chu foi encontrado enforcado.

No post, Chu havia revelado possíveis motivos para o crime: “Depois que nos conhecemos no Tinder, ela mentiu para mim dizendo que era virgem. Eu me senti enganado e traído quando descobri que ela estava mentindo e também me traindo com outros homens".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo