Com falta de combustível, São Paulo tem 1 km de lentidão em horário de pico

Por Metro Jornal, com Estadão Conteúdo

Com o desabastecimento dos postos de combustível, devido à greve nacional dos caminhoneiros, São Paulo registrou apenas 1 km de lentidão por volta das 17h desta segunda-feira (28), segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). A única região afetada no momento é a zona leste.

Apesar da suspensão do rodízio municipal de veículo, o trânsito na capital paulista ficou abaixo da média também na manhã de hoje. O índice mais alto foi registrado às 9 horas, quando apresentou 10 km de lentidão na cidade. A média para o horário varia de 55 km a 91 km.

Segundo a CET, às 10 horas, a capital apresentava 6 km de tráfego lento e a média para o horário varia de 52 km a 76 km.

Com a greve dos caminhoneiros, muitos postos de combustíveis no município estão fechados e os motoristas encontram dificuldades para abastecer.

A Prefeitura de São Paulo autorizou a frota de ônibus circulando nesta segunda-feira com até 60% dos veículos no horário de entrepico (das 9 às 16 horas).

Segundo a São Paulo Transportes (SPTrans), a medida é necessária para garantir que a frota esteja operacional no fim da tarde e noite. A frota de trólebus está 100% operacional.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo