Motorista de app expulsa casal gay que estava se beijando dentro do carro

Por Metro Jornal

Após solicitar uma corrida pelo aplicativo Lyft, os estudantes Ben Martella e Alec Jansen foram expulsos de dentro do carro pelo motorista. Eles afirmam que isso aconteceu depois de trocarem um beijo, no banco traseiro do veículo.

O casal, de Indianápolis (EUA), estava a poucos quilômetros do campus da Universidade de Butler, quando resolveram pedir um carro via aplicativo.  Ao entrarem no veículo, eles começaram a ser beijar e então o motorista pediu que deixassem o carro.

"Eu vou encerrar a corrida de vocês. Eu não posso ter esse tipo de coisa no meu carro. Eu não posso ter isso aqui", disse o motorista, segundo Ben Martella. O incidente aconteceu no dia 5 de maio.

Revoltado, o rapaz postou no Twitter uma reclamação citando a empresa.

"Acabei de ser discriminado pela Lyft. Meu motorista me expulsou porque eu estava beijando outro homem. Ele nos expulsou e eu ainda tive que pagar. Estou decepcionado e me sinto injustamente julgado por este serviço", acusou.

De acordo com informação da Fox News, a empresa se desculpou pelo ocorrido, reembolsou o rapaz e desligou o motorista da equipe de condutores parceiros da Lyft. Contudo, para Martella, a resposta não foi o suficiente, o que o motivou a abrir um processo judicial contra a empresa.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo