Greve dos caminhoneiros: Bike Sampa é uma alternativa para deslocamentos mais curtos

Por Wellington Botelho

O Bike Sampa, que opera em São Paulo desde 2012, é uma alternativa barata e saudável para deslocamentos mais curtos diante da escassez dos combustíveis. O sistema, conhecido dos paulistanos, funciona todos os dias das 05h às 23h.

A ferramenta está disponível para Android e iOS. Atualmente são 260 estações e 2.600 bikes. O projeto possui quatro planos diferenciados:

  • Diário a R$ 8;
  • De três dias a R$ 15;
  • Mensal a R$ 20;
  • Anual a R$ 160.

As bikes podem ser retiradas pelo app, com o Bilhete Único ou com o cartão do programa. O pagamento pode ser feito em cartão de crédito ou debito. Já para o cartão, deve ser pago em dinheiro.

O ciclista deve fazer viagens de até 60 minutos, com intervalo de 15 minutos entre elas. Caso essa regra seja desrespeitada, uma multa de R$ 5 será cobrada por cada hora excedente.

Deslocamentos 

A capital possui quase 500 km de ciclovias, o que facilita o uso da ´magrela`.

Confira o mapa onde você pode retirar uma bicicleta.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo