Após reunião, governo e caminhoneiros não entram em acordo e greve continua

Por Band News FM

Depois de uma reunião nesta tarde, governo federal e caminhoneiros não entram em acordo e a paralisação continua.

Nem todas as reivindicações da categoria foram atendidas, como a maior previsibilidade no preço do diesel.

Os representantes se encontraram com o governador de São Paulo Marcio França e o ministro da secretaria de governo, Carlos Marun.

Por outro lado, o governo de São Paulo recebeu do ministro Marun a garantia de que o desconto no diesel ao consumidor chegará a R$ 0,46 por litro.

A liberação de pedágio para caminhões vazios também estaria garantida.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo