Prefeitura de São Paulo anuncia política para prevenir uso abusivo de álcool e drogas

Por Metro Jornal

As ações de prevenção contra o uso abusivo, o atendimento de saúde e as iniciativas para reinserção social dos dependentes químicos na capital serão reunidas em uma nova política municipal.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou as diretrizes de um projeto de lei que será enviado à Câmara para a criação da Política Municipal sobre Álcool e Drogas.

Segundo o governo, o objetivo é realizar ações de prevenção, atenção e reinserção social dos usuários, “visando a redução de danos provocados pelo consumo abusivo e a proteção à vida”.

As iniciativas serão estruturadas em dois eixos: prevenção e saúde. O primeiro prevê atividades de conscientização nas escolas e intensificação da fiscalização. O segundo está reunido em oito itens, que vão desde a abordagem do usuário até o diagnóstico e o posterior monitoramento.

Coordenador do programa Redenção (de atendimento aos usuários na Cracolândia, criado há um ano), o psiquiatra Arthur Guerra afirmou que a Política Municipal sobre Álcool e Drogas dará “sustentação às atividades de atendimento aos usuários, de prevenção ao uso de álcool e drogas e de redução do tráfico”.

O projeto precisa ser aprovado em dois turnos pelos vereadores para ser criado oficialmente.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo