Veja quais aeroportos do país já estão sem combustível

Por Ansa, com BandNews FM

O aeroporto internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, informou nesta sexta-feira (25) que está sem reserva de combustíveis devido à greve geral de caminhoneiros, a qual impede que os caminhões-tanques cheguem ao local.

A empresa Inframérica, que administra o aeroporto, anunciou que, diante da situação, todos os aviões que aterrissarem deverão permanecer em solo até que o fornecimento de combustível se normalize.

Com a possibilidade de que a falta de combustíveis se agrave nos próximos dias, as companhias aéreas Latam e Avianca não cobrarão multas aos passageiros que remarcarem suas viagens. Já a Azul cancelou ao menos 13 voos. A American Airlines cancelou de forma preventiva o voo que vinha de Miami e que pousaria no aeroporto de Brasília às 7h35.

Com isso, automaticamente, o voo que partiria da capital brasileira às 21h55 também acabou cancelado. Hoje, a maioria dos postos de combustíveis da Asa Sul de Brasília fecharam. 

O estoque de querosene no Aeroporto de Vitória também acabou e aeronaves só decolam se tiverem reserva suficiente. Os voos que pousam na capital capixaba sem reserva vão ficar em solo até o reabastecimento do terminal. 

A Infraero orienta a todos os passageiros a procurarem as companhias aéreas, antes de se dirigirem para o local. Dois voos da empresa Azul para Belo Horizonte foram cancelados.

O Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes também está sem combustível. A Infraero, que administra o terminal, informou que está operando com restrição. 

De acordo com a assessoria de comunicação do órgão em Pernambuco, apenas as aeronaves com querosene para continuar o próximo trecho estão pousando na capital pernambucana.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo