Míssil russo abateu Voo MH17, conclui investigação

Por Wellington Botelho

Investigadores da tragédia do voo MH17 da Malaysia Airlines, que caiu em julho de 2014, afirmaram ter encontrado indícios que o míssil que derrubou a aeronave foi lançado por uma unidade militar russa.

O Boeing 777 decolou de Amsterdã e seguia para Kuala Lumpur (Malásia). No total, morreram 298 pessoas na tragédia.

A 53ª Brigada de Mísseis Antiaéreos, com base na cidade de Kursk, foi responsável por lançar o míssil BUK-Telar, de acordo com as investigações.

Os especialistas já haviam concluído que o avião foi derrubado por um míssil de fabricação russa, no entanto, não haviam anunciado quem era responsável pelo disparo.

A Rússia sempre negou responsabilidade pelos fatos.

Malaysia Airlines Divulgação
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo