São Paulo pode ficar sem combustíveis em 'quase 100%' dos postos ainda hoje

Por Carolina Santos

A cidade de São Paulo pode ficar sem combustíveis em “quase 100%” dos postos ainda nesta quinta-feira (24) . Foi o que disse à Rádio Bandeirantes o presidente do Sincopetro, José Alberto Paiva Gouveia.

O desabastecimento de combustível causado pela greve dos caminhoneiros levou a Prefeitura de São Paulo a tirar das ruas 40% da frota de ônibus municipais da cidade. Por causa disso, o rodízio de veículos está suspenso hoje o dia todo.

Um relatório da Infraero obtido pelo portal G1 dava conta de que o aeroporto de Congonhas só teria combustível para abastecer as aeronaves até ontem. Em nota, a empresa disse que está “monitorando o abastecimento” e recomenda aos passageiros que verifiquem com as aéreas a situação de seus voos

Risco de escassez em todo o país

A greve dos caminhoneiros está espalhando seus efeitos por todo o país com risco de desabastecimentos de diversos produtos e de interrup- ção de serviços públicos. Na cidade do Rio de Janeiro (RJ), metade dos postos deve ficar sem álcool, gasolina e diesel a partir de hoje.

Muitos já estão com os estoques zerados. A dificuldade de conseguir combustível afetou o transporte público e só 72% dos ônibus circularam pela cidade na noite de ontem. O aeroporto Santos Dumont pode fechar, pois só tem combustível para abastecer os aviões até hoje.

Em Belo Horizonte (MG), para garantir os estoques, o “racionamento” será feito nos horários de pico, quando só 50% dos ônibus irão circular. A medida foi anunciada ontem e valerá por tempo indeterminado. Na Ceasa de Contagem, na Grande Belo Horizonte, alguns alimentos já registram alta no preço de 400% por causa da pouca oferta. No Paraná, devido ao bloqueio das rodovias, a produção no campo está sendo afetada.

Enquanto produtores de leite jogam o produto fora nos Campos Gerais, cooperativas de aves e suí- nos suspenderam o abate de animais ontem. Sem condições de colocar veículos escolares nas ruas, a Prefeitura de Santa Vitória do Palmar, no Rio Grande Sul, suspendeu as aulas. Em Porto Alegre, o aeroporto Salgado Filho já operava ontem com o estoque reserva de combustível.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo