Por causa da greve, hospital está usando estoque de oxigênio de emergência

Por Metro Jornal com Rádio Bandeirantes

O Hospital Presidente, na zona norte de São Paulo, está usando o estoque de oxigênio de emergência.

Por causa da greve dos caminhoneiros, o centro médico não recebeu uma carga que esperava entre quarta e quinta e por isso o nível atingiu o estado crítico.

A pedido da Rádio Bandeirantes, a Associação de Hospitais do Estado de São Paulo fez um breve levantamento dos principais estabelecimentos da capital.

 De 10 locais pesquisados, nove ainda trabalham com estoques considerados suficientes. A recarga de oxigênio acontece, em média, de 3 em 3 dias.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo