Motoqueiros e motoristas de Uber protestam na Marginal Pinheiros contra aumento de combustível

Por Estadão Conteúdo

Além dos caminhoneiros, motociclistas e motoristas de Uber também se juntaram aos protestos contra o aumento do preço dos combustíveis. Nas Marginais do Rio Tietê e Pinheiros, importantes corredores em São Paulo, motociclistas fazem manifestação na tarde desta quinta-feira, 24. Já em Brasília, pela manhã, motoboys e motoristas do Uber bloquearam portas da distribuidora de combustíveis da BR e do centro de distribuição da Raízen.

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), por volta das 15h30, um grupo seguia pela Marginal Pinheiros da Ponte Estaiada para a Ponte Itapaiúna, que liga a região do Morumbi. Os motociclistas bloqueiam todas as pistas na região.

A Polícia Militar também informa que um grupo realiza manifestação na Avenida Paulista, no sentido Paraíso, em frente ao prédio da Petrobras, em favor dos caminhoneiros. A faixa da direita está interditada.

A PM acompanha o protesto que é pacífico neste momento.

A CET também informa que o trânsito está complicado nas avenidas 23 de Maio, Rubem Berta e Moreira Guimarães, no sentido do aeroporto, nas proximidades da Rua Borges Lagoa.

Pela manhã, os caminhoneiros bloquearam a Marginal do Tietê, no sentido da Castelo Branco, na altura da Ponte Júlio de Mesquita. O grupo também interditou as pistas expressa e local da Marginal Pinheiros, no sentido Interlagos, nas proximidades da Ponte Laguna.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo