Dá para denunciar o preço abusivo de combustível; veja como

Por Metro Jornal

O Procon-SP está orientando os motoristas que quiserem denunciar postos de gasolina em São Paulo que aumentaram demais o preço desde o início da greve nacional dos caminhoneiros.

Segundo a entidade, a "prática abusiva é prevista no Código de Proteção e Defesa do Consumidor (Seção IV, das Práticas Abusivas, art. 39 Inciso X) que trata da elevação de preços de produtos e serviços sem justa causa".

A orientação para quem quiser denunciar o estabelecimento é que o consumidor documente e denuncia através do site do Procon e guarde a nota fiscal.

"É fundamental que o consumidor anexe à denúncia imagem do cupom fiscal ou, na falta dele, o máximo de informações sobre o estabelecimento nome/bandeira, endereço, data de compra e preços praticados– se possível com fotos.
A partir desses dados será aberto procedimento para a apuração, comprovação e possível punição dos infratores".
 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo