Trump é proibido de bloquear pessoas no Twitter; entenda

Por Metro Jornal

Já se tornaram notórias as histórias dos 'blocks' do presidente americano Donald Trump em seus críticos no Twitter. Mas a fama de 'bloqueador' do perfil @realDonaldTrump isso tem hora para acabar.

Segundo o Buzzfeed Estados Unidos, uma juíza federal declarou inconstitucional que o presidente exclua ou bloqueie pessoas com base em crenças políticas contrárias.

"Este caso exige que consideremos se um funcionário público pode, de acordo com a Primeira Emenda, bloquear "uma pessoa de sua conta do Twitter em resposta às opiniões políticas que a pessoa expressou, e se a análise difere porque esse funcionário público é o Presidente dos Estados Unidos ", escreveu a juíza Naomi Reice Buchwald, do Distrito Sul de Nova York. "A resposta a ambas as perguntas é não".

 

 

Trump mantém sua conta no Twitter desde março de 2009, mas desde que assumiu a presidência usa o canal para despachar. Ele nomeou um diretor do FBI e emitiu uma ordem para o Departamento de Justiça americano. Tudo por tuíte.

 

Apesar disso, Trump não está obrigado a desbloquear seus desafetos. A juíza acredita que o presidente norte-americano vai seguir a orientação espontaneamente.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo