Prefeitura terá 48 horas pata instalar banheiros químicos no largo do Paissandu

Por Metro Jornal

A Justiça Federal determinou que a Prefeitura de São Paulo instale, em 48 horas, banheiros químicos no largo do Paissandu, no centro, para atender os desabrigados pelo incêndio e desabamento do edifício Wilton Paes de Almeida, no início do mês.

A decisão do juiz Djalma Moreira Gomes, da 25ª Vara Federal Cível de São Paulo, se deu em ação proposta pelas defensorias públicas do estado e da União, que pedia também que as famílias fossem alojadas em imóveis no centro – indicando inclusive alguns para esse fim – ou pagamento de auxílio-moradia até a entrega de imóveis para as famílias. Essa reivindicação será analisada em audiência de conciliação marcada para o dia 13 de junho.

Desde o dia 14, as famílias cadastradas que moravam no edifício estão recebendo auxílio-moradia pago pela CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano): a primeira parcela de R$ 1,2 mil e outras 11 de R$ 400. A prefeitura se comprometeu a seguir pagando o auxílio após esse prazo caso as famílias ainda não tenham sido alojadas em definitivo.

Sobre os banheiros, a prefeitura disse que não tinha sido notificada da decisão.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo