Por que São Paulo pode estar vivendo uma epidemia de conjuntivite

Por BandNews FM

O grande aumento de casos indica que a cidade de São Paulo pode estar vivendo uma epidemia de conjuntivite. Segundo o infectologista Marcos Boulos, isso é normal porque nos meses frios as pessoas ficam aglomeradas. "É o que facilita o contágio", explica o coordenador de Controle de Doenças da Secretaria estadual da Saúde.

A conjuntivite é a inflamação da membrana 'conjuntiva', que reveste a parte branca do globo ocular. De janeiro até meados de maio, foram registrados quase 700 casos de conjuntivite na cidade de São Paulo. Esse número representa um aumento de mais de 500% em relação ao mesmo período de 2017.

Entrevistado por José Luiz Datena, Boulos disse que os surtos, em geral, não trazem grandes complicações. Sintomas comuns são visão borrada, coceira e sensação de areia no olho, que pode ficar vermelho e lacrimejante.

De acordo com o infectologista, casos severos podem exigir tratamentos com o uso de pomadas antibióticas. A melhor dica para evitar a transmissão é manter as mãos sempre muito limpas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo