Imóveis ao redor de prédio que desabou podem ser desinterditados

Por Agência Brasil

Os três prédios interditados desde 1º de maio, após o incêndio que resultou no desabamento do edifício Wilton Paes de Almeida, no Largo do Paissandu, centro de São Paulo, serão gradativamente desinterditados, informou hoje (14) a prefeitura. Os imóveis ainda passarão por intervenções nas estruturas. Não há prazo para as liberações.

Segundo a prefeitura, as ações concentram-se agora na remoção do entulho para a desobstrução de importantes pistas do centro da cidade. Desde a tragédia, estão bloqueadas a Avenida Rio Branco, nos dois sentidos, no trecho entre a Avenida Ipiranga e o Largo do Paissandu, e a Rua Antônio de Godói.

Corpos de gêmeos são encontrados

Neste domingo, o Instituto de Criminalística identificou, por meio de material genético, que os corpos encontrados no fim de semana são dos gêmeos Wender e Welder, de 9 anos.

Foram identificados também Ricardo Oliveira Galvão Pinheiro e Francisco Lemos Dantas. A mãe dos gêmeos, Selma Almeida da Silva, e mais três pessoas, entretanto, continuam desaparecidas.

Oficialmente, o Corpo de Bombeiros informou que encerrou o trabalho nos escombros, após 13 dias de buscas por sobreviventes. Ao todo, 1.700 bombeiros participaram da operação.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo