Restaurante que recusou notas com 'Lula Livre' pede desculpas e diz que aceitará cédulas carimbadas

Por Metro Jornal

O restaurante Komy's, na Vila Madalena, se envolveu em uma grande polêmica. Uma mulher acusou o estabelecimento de não aceitar uma cédula de dinheiro carimbada com as frases "Lula Livre" e "Marielle Presente". De acordo com Ana Teixeira, os proprietários a agrediram verbalmente e moralmente.

"Foi assustador! Eles não paravam de gritar e tiveram o apoio de alguns clientes que começaram a gritar também: VAI PRA CURITIBA!", escreveu no Facebook.

Leia mais:
Comunicado do Banco Central proibindo notas com carimbo ‘Lula Livre’ é falso

Neste sábado, o estabelecimento fez uma publicação afirmando que "nunca fizemos qualquer distinção entre clientes e todos, sem exceção, são bem vindos". O restaurante alega que não sabia que as notas carimbadas poderiam ser recebidas e que, "depois de obtermos informações […] chegamos à conclusão de que os clientes que quiserem pagar com notas carimbadas com "Lula Livre" poderão fazê-lo e continuarão a ser, como sempre foram, bem vindos em nossa casa.

O texto finaliza pedindo desculpas pelo transtorno causado.

Nós do restaurante Komy’s com 28 anos de existência desde 1990 sempre tivemos a preocupação de atender bem, e com comida…

Posted by Restaurante Komy's on Saturday, May 12, 2018

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo