Ex-diretor do Metrô de São Paulo é denunciado por propina de R$ 2,5 milhões

Por Estadão Conteúdo

O promotor Marcelo Mendroni, do Ministério Público de São Paulo, denunciou o ex-diretor do metrô Sérgio Brasil por corrupção e lavagem de dinheiro. Executivos da Camargo Corrêa afirmaram em delação premiada que Sérgio Brasil recebeu R$ 2,5 milhões em propina para fraudar a licitação da Linha 5-Lilás do Metrô.

A reportagem está tentando contato com os citados, mas não havia conseguido respostas até a publicação desta matéria. O espaço está aberto para as manifestações.

Leia mais:
Fernando Haddad é denunciado por caixa 2 em eleição

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo