Leilão do Anhembi será em setembro, diz prefeitura

Por Metro Jornal

O leilão de desestatização do Anhembi deve acontecer em setembro e será em lote único, disse ontem o prefeito Bruno Covas (PSDB).

O valor de referência da venda será definido após avaliação e modelagem a serem realizadas pelo banco Brasil Plural, com quem a prefeitura assinou contrato ontem para realizar esse serviço. O banco venceu pregão eletrônico e só foi possível iniciar o trabalho após a sanção da lei que definiu parâmetros do PIU (Projeto de Intervenção Urbana ) do Anhembi.

O serviço será dividido em duas fases. Na primeira, será feita a avaliação econômico-financeira da SPTuris, com auditorias contábil e jurídica e avaliações imobiliárias, que devem determinar o valor da participação acionária do município.

A segunda fase inclui a prospecção de investidores: haverá roadshows no Brasil e no exterior para promover o negócio. Cada fase deve durar 45 dias úteis.

Segundo o secretário de Desestatização e Parcerias, Wilson Poit, o valor da venda do Anhembi será o primeiro recurso a ser injetado no Fundo Municipal de Desenvolvimento Social.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo