Jovem de 16 anos é acusada de ter mandado matar pai ‘muito rígido’

Por Metro Curitiba

Uma adolescente de 16 anos foi detida no último sábado na Lapa, região metropolitana de Curitiba, por ter mandado matar o pai, de 49 anos, e a namorada dele, de 47.

Manoel Valdomiro Licheski e Eloina Oliveira foram mortos a facadas dentro de casa na madrugada de sábado. Horas depois, pela manhã, a garota foi prestar depoimento e acabou confessando ter ordenado o crime, executado por dois jovens, de 16 e 19 anos.

A menina, segundo a polícia, já estaria planejando o crime há duas semanas. O motivo do assassinato teria sido a rigidez do pai: a garota deixou de morar com a mãe porque ela não permitia que ela namorasse e esperava que o pai fosse mais flexível, mas Manoel não deixava a adolescente sair de casa, segundo a confissão. Quando o homem saiu de casa, os três arquitetaram o homicídio.

Os jovens teriam aceitado a tarefa com a promessa de uma recompensa em dinheiro. “Após o crime os dois cúmplices fugiram, ocasião que o rapaz de 19 anos jogou a camiseta usada no crime próximo ao trilho do trem, localizada durante as diligências policiais e encaminhada para perícia”, contou o delegado Jonas Eduardo Peixoto do Amaral, responsável pelo caso.

O jovem de 19 anos já tinha passagens pela polícia e estava solto há 40 dias, de acordo com a delegacia.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo