5 hábitos tóxicos para o organismo

Por Metro Jornal

O simples ato de esquentar a marmita no microondas ou a absorção de partículas decorrente da aplicação de desodorantes são hábitos que, embora pareçam inofensivos, oferecem riscos à saúde. Tais costumes fazem com que o organismo acumule toxinas que podem gerar desequilíbrio mental e físico, além de propiciar o surgimento de doenças a médio e longo prazo.

Veja cinco práticas comuns do dia a dia que prejudicam o corpo sem que as pessoas tenham consciência da gravidade:

  1. Desodorante aerossol: a maioria contém cloridróxido de alumínio ou cloreto e cloridratos para inibir a sudorese. O problema é que essas micropartículas penetram no organismo e podem desencadear o desenvolvimento de câncer.
  2. Cosméticos: shampoos, protetores solares e esmaltes de unha contêm substâncias como parabenos e ftalatos, que são responsáveis pela espuma ou pelo brilho e fixação dos produtos. No organismo, porém, elas causam alterações hormonais, aparecimento de câncer e envelhecimento precoce da pele.
  3. Plástico no microondas: muitos recipientes utilizados no cotidiano contêm Bisfenol A (BPA), uma substância cancerígena que, quando aquecida a temperaturas elevadas, pode causar problemas cardíacos e hormonais.
  4. Água: a indisposição pode ser um sinal de problema com a água. Isso porque o PH recomendado para a água potável é acima de 6,5, porém o abastecimento hídrico das cidades não alcança esse patamar – além de conter produtos químicos como metais pesados, xenoestrógenos e cloro.
  5. Leite: além do esforço do organismo para realizar a digestão da lactose após a infância, o leite é carregado de hormônios. Por causa da constante inseminação das vacas para não interromper a produção de leite, elas produzem 33 vezes mais estrona, que é ingerida pelo consumidor.
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo