Zona Leste de SP concentra maior número de famílias sem-teto

Por Band News FM

Apesar de as ocupações serem mais numerosas no Centro de São Paulo, é na zona Leste que está o maior número de famílias sem-teto.

Segundo a Prefeitura, a cidade tem 206 ocupações, sendo 70 apenas na região central com cerca de quatro mil famílias.

Na zona Leste, no entanto, o número de sem-teto sobe para 14 mil, divididos em 45 propriedades.

Leia mais:
Prédios invadidos em SP poderão ser alvo de reintegração de posse

Para o presidente do Sindicato dos Arquitetos de São Paulo, o fenômeno é esperado, levando-se em conta a quantidade de imóveis privados sem uso.

Segundo Maurílio Chiaretti, a maior parte dos donos dessas áreas têm problemas judiciais, de herança ou aguardam valorização.

Nos último quatro anos, a Prefeitura de São Paulo enquadrou 1380 imóveis como ociosos, a maioria nos bairros da Sé, Mooca, Lapa e Ipiranga.

Ainda assim, mais de 80% dos imóveis notificados não atenderam obrigações previstas em lei, como dar início a reformas.

A irregularidade pode resultar na cobrança de IPTU progressivo conforme o valor do imóvel ou até mesmo na desapropriação pela prefeitura.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo