Mogi-Bertioga foi liberada, mas será interditada de novo se chover

Por Rádio Bandeirantes

A Mogi-Bertioga será interditada novamente, caso volte a chover de forma intensa na região da rodovia.

 Uma das principais ligações entre a capital e o litoral norte, a estrada foi liberada na tarde desta 4ª feira para o trânsito de veículos, após 21 dias de bloqueio.

A via estava totalmente fechada entre os quilômetros 69 e 98 desde o dia 11 de abril por causa da queda de pedras e barreiras ao longo da estrada.

Leia mais:

Rodovia Mogi-Bertioga é liberada nesta quarta-feira

O governador Márcio França concedeu uma entrevista coletiva para anunciar a reabertura da Mogi-Bertioga.

 Segundo ele, se o índice de chuva na rodovia superar os 80 milímetros, a via será interditada preventivamente.

A reabertura foi decidida após uma vistoria técnica constatar que as encostas do quilômetro 89 apresentaram "estabilização satisfatória".

Muros de contenção estão sendo erguidos entre os quilômetros 82 e 89.

Além disso, as pedras maiores, que corriam o risco de desabar, foram explodidas.

Obras complementares ainda serão realizadas nos próximos meses, mas apenas durante os dias de semana, observa o governador Márcio França.

Moradores de Bertioga, no litoral norte, relatam que o movimento turístico na cidade caiu de forma perceptível após a interdição da rodovia.

Ao todo, desde o início do ano, a rodovia Mogi-Bertioga já teve que ser bloqueada nove vezes por causa de queda de pedras e barreiras.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo