Câmara aprova projeto que torna Anhembi mais atrativo para investidores

Por Rádio Bandeirantes

Vereadores da Câmara Municipal de São Paulo aprovam em última votação o Projeto de Intervenção Urbana do Complexo Anhembi.

Foram 41 votos a favor e 11 contra – agora, o texto segue para a sanção do prefeito Bruno Covas.

O projeto define o uso e a ocupação da área do complexo e, para a Prefeitura, é fundamental para tornar o negócio mais atrativo aos investidores.

Isso porque a proposta, que vem sendo chamada de “verticalização” quase dobra  o potencial construtivo do terreno.

No entanto, o acréscimo só será concedido se o Anhembi mantiver por 20 anos sua função de centro de convenções e exposições.

 Hoje, o complexo possui hoje 400 mil metros quadrados, divididos entre Sambódromo, Pavilhão de Exposições e Palácio das Convenções.

Além disso, conta com um estacionamento com capacidade para 6 mil e 500 vagas.

A  previsão é que o Anhembi passe para as mãos da iniciativa privada em setembro.

No momento, os projetos de desestatização mais avançados da prefeitura são as concessões do mercado de Santo Amaro, o primeiro pacote de parques, que inclui o Ibirapuera, e do estádio do Pacaembu.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo