Estudante universitária grava momento de assédio sexual para poder incriminar professor

Por Victória Bravo

Lizeth Lorena Sanabria, uma estudante da Universidade Nacional da Colômbia, decidiu denunciar os abusos que sofria de um professor da instituição e diretor do mestrado de Ciências Exatas e Naturais. Para isso, ela gravou um vídeo onde captou o assédio por parte do docente.

Segundo a jovem, no início do seu mestrado o professor Freddy Monroy se mostrou muito cordial e os ataques só começaram após ele ganhar sua confiança.

Lizeth contou ao jornal colombiano “El Tiempo” que a primeira vez que ele a assediou foi em uma câmara escura da faculdade onde fariam experimentos com laser. Ele a encurralou em uma parede e tocou seus seios, mas ao ser rejeitado pediu desculpas e pediu que ela não comentasse sobre o ocorrido.

Após o episódio, Lizeth entrou em depressão e solicitou mudança de orientador. Contudo, soube que o mesmo professor tinha assediado outra colega e decidiu que deveria fazer algo a respeito.

Dessa forma, a jovem resolveu gravar o assédio a fim de que a universidade tome uma providência. Ela revelou: “Freddy Monroy usou sua posição dominante para me fazer sentir inferior, como se eu tivesse que ceder minha dignidade sexual em troca das suas orientações acadêmicas”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo