Crianças e grávidas já podem ser vacinadas contra gripe

Por Metro Jornal

A Secretaria Municipal da Saúde   de São Paulo começa nesta quarta-feira a aplicar a vacina da gripe em crianças (de 6 meses a menores de 5 anos), grávidas e puérperas – mulheres que passaram por parto há menos de 45 dias.

Iniciada no dia 23, a campanha teve 171,6 mil doses aplicadas até ontem. Já estão sendo vacinados idosos com 60 anos ou mais, a população indígena e profissionais da saúde. Na próxima semana, também poderão se imunizar pessoas com doenças crônicas e professores.

A vacina protege contra três tipos de vírus influeza, que causa a gripe: A-H1N1, A-H3N2 e B. Pessoas com alergia grave à proteína do ovo, que já apresentaram alergia à vacina ou que estão com febre alta não devem tomar a vacina.

A dose leva cerca de um mês para fazer efeito, e a imunização dura aproximadamente um ano. Vale lembrar que a vacina não é feita com material genético do vírus e por isso não causa gripe.

Febre amarela

Até o momento, 13 casos autóctones (ou seja, adquiridos no próprio município de residência) de febre amarela foram confirmados na capital, sendo sete deles com morte.

O último é o de uma mulher de 28 anos, moradora de área próxima ao parque da Cantareira, na zona norte. A paciente ficou internada por 16 dias, mas já recebeu alta. Além dela, outros nove homens e três mulheres tiveram a doença confirmada.

A campanha de vacinação contra essa doença vai até 30 de maio. 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo