44 pessoas que moravam em prédio que caiu ainda não se apresentaram

Por Carolina Santos

Segundo o tenente do Corpo de Bombeiros Guilherme Derrite, 44 pessoas que moravam no prédio que desabou no centro de São Paulo ainda não se apresentaram. O edifício pegou fogo na madrugada dessa terça-feira, 1º, e caiu em seguida.

Entretanto, em entrevista à Rádio Bandeirantes, o tenente disse que não significa que todas essas pessoas estejam sob os escombros.

Leia mais:
Desabrigados não aceitaram ir para abrigo da prefeitura de SP; entenda
Veja o que muda no trânsito após incêndio em prédio de SP; 24 linhas de ônibus são alteradas

A corda e o cinto usados para amarrar uma vítima também já foram localizados e retirados dos escombros.

O homem identificado como Ricardo estava sendo resgatado quando o prédio desmoronou e foi arrastado para baixo.

Segundo o tenente, no entanto, a vítima ainda não foi encontrada.

Na madrugada desta quarta-feira, ainda tinha muita fumaça e vapor d'água saindo dos escombros do desabamento no Largo do Paissandu.

Os bombeiros fizeram rescaldo da estrutura, que estava muito quente.

No fim da noite dessa terça-feira, 1º, houve um foco de incêndio entre os destroços, o que demandou uma ação mais intensa.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo