Polícia busca por ‘Gangue do Uno’ em Santo André

Por Eliane Quinalia

Policiais do 1º DP (Centro) de Santo André trabalham para prender uma quadrilha que tem feito roubos a residências em bairros da cidade. Segundo a investigação, eles circulam de carro e assaltam os moradores que estão saindo ou chegando em casa, independente do horário. Vídeos que mostram a presença de um Fiat Uno de cor branca durante as ações viralizaram nas redes sociais. 

Segundo a investigação, já foram feitos quatro boletins de ocorrência sobre roubos nas mesmas características e regiões. Os crimes registrados aconteceram nos dias 25 de fevereiro e 20, 24 e 26 do mês passado, nos bairros Valparaíso, Bom Pastor, Scarpelli e Floresta.

Em uma das imagens divulgadas na internet, há dois homens e um menino entrando em um prédio quando dois ladrões armados chegam e roubam os pertences dos moradores, fugindo com o veículo da vítima. A ação dos  criminosos dura cerca de 30 segundos.

Um moradora de 41 anos  da Vila Scarpelli disse ao Metro Jornal que foi vítima do bando no fim do mês passado. “Chegaram em três. Um colocou a arma na minha cabeça e o outro apontou para o meu filho de 7 anos. Levaram os celulares, carteira, documento, o meu veículo, uma corrente que estava no meu pescoço. Não roubaram só minhas coisas, tiraram minha paz. Tenho medo de sair para levar o lixo, meu filho está passando por psicólogo.”

A investigação informou que já identificou três acusados, sendo dois menores de idade e um maior. O Uno branco foi apreendido pela polícia, que pediu a prisão preventiva dos suspeitos e aguarda a Justiça ordenar a detenção deles. “Estão aterrorizando a região, sabemos quem são. Esperamos que sejam presos o mais rápido possível”, disse a vítima que mora na Vila Scarpelli.

Moradores colhem assinaturas
Moradores do bairro Valparaíso, em Santo André, estão colhendo assinaturas para um abaixo-assinado que, segundo eles, será encaminhando à SSP (Secretaria de Estado da Segurança Pública) para pedir mais segurança no local. Eles dizem que já obtiveram cerca de 370 adesões ao documento.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo