Horror: mulher com deficiência é amarrada a cadeira de rodas por companhia aérea

Por Wellington Botelho

Uma passageira da Delta Airlines com esclerose múltipla alegou que foi  amarrada a uma cadeira de rodas pela companhia aérea americana. Ela afirmou que o equipamento especializado não estava disponível na hora do desembarque. Um funcionário ainda teria dito para ela "calar a boca".

O incidente aconteceu após Maria Saliagas ter voado de Atlanta, Estados Unidos, para Amsterdã, na Holanda, no inicio de Abril.  O filho da vítima, Nathan Saliagas, havia solicitado para que o equipamento estivesse disponível, mas não chegou a tempo, informou a WSB-TV .

A Delta negou as alegações e disse que fez o melhor possível nas circunstâncias, com um assistente de cadeira de rodas ajudando-a quando ela chegou na Holanda.

A companhia em um comunicado ao New York Post disse: “Estamos desapontados que nossos clientes não tenham uma experiência de viagem satisfatória e garantiremos que o seu voo de retorno exceda as expectativas. Embora a Delta sempre procure maneiras de melhorar a experiência geral do cliente, nossas descobertas não se alinham aos detalhes compartilhados pela família do cliente”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo