Abertura de restaurante popular dentro do Poupatempo de São Bernardo atrasa

Por Cadu Proietti

A inauguração do restaurante Bom Prato, do governo estadual, em local dentro do Poupatempo de São Bernardo, está atrasada. A prefeitura previa abrir o equipamento até o fim de março, o que não ocorreu.

A instalação da unidade no município foi anunciada pelos governos municipal e estadual em outubro do ano passado. Depois disso, a prefeitura diz que, em conjunto com equipes técnicas do Estado, foi elaborado o projeto, que, neste momento, encontra-se em fase de licitação.

O município diz ainda que o governo estadual publicou no mês passado, quando o restaurante já era para estar funcionando se o prazo tivesse sido cumprido, o edital de chamamento público para a contratação de quem irá realizar o serviço.

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social informou que o processo está em fase final e que o tempo para a adequação do imóvel e aquisição dos equipamentos é de 90 dias.

No mês passado, a Câmara aprovou, por unanimidade, o projeto de lei que autoriza o município a celebrar o convênio com o Estado.

No entanto, o início de funcionamento do restaurante ainda não está definido. A pasta estadual diz que o prazo para a entrega está previsto para o segundo semestre deste ano.

Já a prefeitura afirma que, com o início da execução das obras – que não teve data divulgada -, a finalização da unidade ocorra até julho.

A administração municipal alega que obedeceu todos os trâmites legais para a instalação do projeto. O Estado não deu justificativas para o atraso do projeto. 

O restaurante popular, que será o primeiro da cidade, deve disponibilizar 1,5 mil refeições diárias ao custo de R$ 1, além de 300 cafés da manhã por R$ 0,50.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo