Roupas, talão de cheques e passaporte de Lula são furtados em Curitiba

Por Fernando Garcel / Paraná Portal

Uma série de documentos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que estavam no carro de um assessor, foram furtados na madrugada desta terça-feira (17), em Curitiba. O carro em que estavam roupas, lençóis, cartas e uma pasta com os documentos pessoais de Lula, entre eles talão de cheques e até o passaporte, foi arrombado enquanto o funcionário estava em reunião e os itens foram levados.

O caso foi confirmado pela senadora e presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) Gleisi Hoffmann, que faz parte da caravana de senadores que está em Curitiba para visitar o ex-presidente. Segundo Gleisi, o carro não era identificado mas estava em um local que muitas pessoas conheciam por ser frequentados por assessores do partido.

A senadora se diz preocupada com a segurança de assessores, amigos e familiares. “Pessoas sabem por onde a assessoria anda. Estamos falando da segurança do presidente, de seus familiares e das pessoas envolvidas com ele”, diz Gleisi.

“Acho isso muito preocupante pela situação em que o ex-presidente se encontra, com seus direitos sendo atacados. Não sei qual foi a origem disso. Pode ter sido uma ação de furto que aconteceu ou algo premeditado. A Secretaria de Segurança e o Ministério Extraordinário de Segurança tem que priorizar isso e dar resposta a nós. Como um carro da assessoria do presidente acaba sendo arrombado e furtado?”, cobra a senadora.

Além da pasta com os documentos de Lula, um estepe do veículo e um frigobar também foram levados. A Polícia Militar foi acionada e o 3º Distrito Policial de Curitiba investiga o caso. Até o momento nenhum suspeito foi localizado.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo