Obras da Linha 9-Esmeralda da CPTM deverão ser retomadas em até um mês

Por Metro Jornal

As obras de extensão da Linha 9-Esmeralda da CPTM (Companhia Paulista de Transporte Metropolitano), que interliga Grajaú a Varginha, serão retomadas em até um mês com auxílio de verba federal. O anúncio foi feito nesta terça-feira (17) pelo governador Márcio França (PSB). A previsão é que a extensão entre em operação no segundo semestre de 2019.

Foram liberados R$ 25 milhões, provenientes do Ministério das Cidades, para a construção de quatro viadutos rodoviários próximos aos 4,5 km de trilhos em implantação. Serão construídas duas novas estações: Mendes-Vila Natal e Varginha.

A extensão teve início em 2013, mas teve suas obras paralisadas em 2016. Foram prometidos pelo Governo Federal R$ 500 milhões, por meio do PAC da Mobilidade, mas a verba nunca foi utilizada por razões contratuais. A construção continuou com verba do Governo do Estado e, em outubro do ano passado, foram liberados os primeiros recursos da União para dois contratos, no valor total de R$ 91,8 milhões. O valor total previsto para a obra de extensão da Linha 9-Esmeralda é de R$ 945 milhões.

Atualmente, a Linha 9-Esmeralda tem conexão com o Metrô nas estações Santo Amaro (Linha 5-Lilás) e Pinheiros (Linha 4-Amarela) e com a Linha 8-Diamante, da própria CPTM, nas estações Osasco e Presidente Altino. Também há integração com ônibus nas estações Grajaú, Jurubatuba, Santo Amaro, Morumbi, Berrini, Pinheiros e Osasco.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo