Dono de helicóptero apreendido com 445 kg de cocaína vira diretor da CBF

Por Metro Jornal

Gustavo Perrella (34), ex-secretário nacional de futebol, foi nomeado diretor da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Ele é filho do senador Zezé Perrella (MDB-MG).

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, o dirigente tomou posse em janeiro desse ano. Antes, ele ocupava um cargo no governo Temer. Não houve qualquer tipo de divulgação sobre sua nomeação. Somente na última quarta-feira (4), quando a Folha de São Paulo confirmou a contratação, é que seu nome apareceu no site da entidade como novo dirigente.

Em 2013, a Polícia Federal apreendeu um helicóptero de sua empresa com 445 kg de cocaína, no Espírito Santo.

Relembre o caso

Na ocasião, o piloto do helicóptero foi detido em flagrante. Ele era funcionário do gabinete de Gustavo Perrella na Assembleia de Minas e foi exonerado.

Perrella, então deputado mineiro, usou R$ 14 mil de sua verba indenizatória para abastecer a aeronave, que foi devolvida à empresa da família Perrella por decisão da Justiça Federal, em agosto de 2014.

Ele chegou a ser investigado pela PF (Polícia Federal), que concluiu que ele não teve envolvimento com tráfico de drogas. O argumento é que o piloto teria usado a aeronave sem o seu conhecimento.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo