Remédio de alto custo terá entrega descentralizada no ABC

Por Cadu Proieti - Metro Jornal ABC

Os medicamentos de alto custo gratuitos, que atualmente são distribuídos no ABC, na Grande São Paulo, somente no Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André, passarão a ter entrega descentralizada, em três cidades diferentes da região.

Após reunião no Consórcio Intermunicipal do ABC ontem, ficou decidido que os remédios agora também terão distribuição feita dentro das unidades do Poupatempo de Santo André, São Bernardo e de Mauá. Na semana passada, o governador Geraldo Alckmin (PSDB), em agenda na região, disse que o novo sistema seria, inicialmente, feito em projeto piloto somente no equipamento de São Bernardo.

“Hoje (ontem), a partir desta reunião, tanto Santo André quanto Mauá se comprometeram em ceder a mão de obra para que os Poupatempos recebam, o mais rápido possível, esse serviço”, afirmou o prefeito de Santo André e vice-presidente do Consórcio, Paulinho Serra (PSDB), que liderou o encontrou dos prefeitos ontem. O presidente da entidade e prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), não participou da agenda por ter, segundo a assessoria da prefeitura, outro evento oficial no mesmo horário.

Paulinho afirmou que hoje haverá nova reunião, desta vez entre os secretários municipais das seis cidades consorciadas (Diadema não faz mais parte do grupo), que definirá os detalhes finais a serem apresentados ao governo estadual. Segundo ele, somente após essa discussão será possível estimar a previsão para início da distribuição dos medicamentos pelo Poupatempo. A proposta é que os municípios arquem com a mão de obra da descentralização e o Estado faça pequenas adequações nas unidades para receberem os medicamentos, como instalação de geladeiras para conservação dos materiais.

O Consórcio informou que a farmácia de alto custo no Hospital Mário Covas atende atualmente cerca de 35 mil pacientes por mês. São ofertados aproximadamente 200  remédios especiais diferentes no local.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo