Trump diz que 'jamais' revogará lei de porte de armas

Por Ansa

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quarta-feira (28) que "jamais" irá revogar a emenda constitucional que garante o direito de porte de armas no país.

O anúncio do republicano foi feito através de um tweet, um dia após John Paul Stevens, ex-juiz da Suprema Corte, ter escrito que o único jeito de encerrar a onda de violência nos Estados Unidos é acabar com o porte de armas.

"A SEGUNDA EMENDA JAMAIS SERÁ REVOGADA!Os democratas gostariam de ver isso acontecer e, apesar das palavras de ontem do ex-juiz da Suprema Corte Stevens, isso não vai acontecer DE NENHUMA MANEIRA", escreveu Trump.

A Segunda Emenda foi ratificada em 1787, e ela permite "o direito do povo a possuir e portar armas" sem ser violado.

O texto, no entanto, vem causando polêmica no território norte-americano, principalmente após o jovem Nikolas Cruz, de 19 anos, entrar armado com um fuzil em uma escola de ensino médio em Parkland e matar 14 estudantes e três professores.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo