Rio paga nesta quinta-feira segunda parcela de dívida a servidores da área de segurança

Por Eliane Quinalia

O governo do Rio de Janeiro paga nesta quinta-feira (29) R$ 20 milhões em atraso a servidores da área de segurança. Ao todo, serão beneficiados 17.343 policiais civis, policiais militares e servidores do Instituto de Segurança Pública (ISP).

Esta é a segunda de quatro parcelas do total da dívida da administração estadual com os servidores da área, referentes ao Sistema Integrado de Metas (SIM). As parcelas estão sendo depositadas ao fim de cada mês, conforme anunciou o governador Luiz Fernando Pezão no início de fevereiro deste ano.

A primeira parcela, de R$ 20 milhões, foi paga no dia 28 de fevereiro. No mesmo mês, foram depositados R$ 22 milhões referentes a horas extras do Regime Adicional de Serviço (RAS) e ao Programa Estadual de Integração de Segurança (Proeis), pendentes a policiais militares e civis e agentes penitenciários.

Os pagamentos serão feitos ao longo do dia, mesmo após o término do expediente bancário, efetuados com recursos do Tesouro estadual.

Aumento

Segundo o governo, em fevereiro foram pagos os vencimentos de janeiro – com até 9,28% de aumento – dos 145.686 servidores ativos, inativos e pensionistas da segurança, incluindo policiais militares e civis, bombeiros e inspetores penitenciários.

Os aumentos foram aprovados pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) em 2014 e estão sendo feitos até o décimo dia útil de cada mês, em cinco parcelas, sendo a última prevista para o próximo ano. O impacto na folha de pagamento de 2018 será de R$ 1 bilhão. No acumulado de 2015 a 2018, os reajustes para os servidores da  área de segurança chegam a 51,41%.

“Os reajustes de 2018 e do próximo ano foram mantidos e estão previstos no Plano de Recuperação Fiscal do Estado do Rio”, informou o governo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo