'É uma pena': Temer lamenta tiros contra comitiva de Lula no PR

Por Band News FM

O presidente Michel Temer (MDB) lamentou o ataque a tiros contra a comitiva do ex-presidente Lula e afirmou que a polarização política do “uns contra outros” gera “atritos dessa natureza”.

Leia mais:
Ônibus da caravana de Lula são atingidos por tiros
Caravana de Lula é recebida com protestos no Paraná

Em entrevista exclusiva à BandNews FM, o emedebista classificou o caso como “uma coisa raivosa”: “É uma pena que tenha acontecido isso. Desde que assumi pregava que precisávamos reunificar o país”, completou.

Temer também demonstrou preocupação, assim como parlamentares e outras autoridades, com casos de violência envolvendo políticos: “Vai criando um clima de instabilidade e de falta de pacificação, que é indispensável nesse presente momento. Lamento muito que isso tenha acontecido”, resumiu.

O presidente acrescentou ainda que a polarização política e os discursos de divisão do Brasil podem motivar ataques: “A onda de violência talvez tenha começado lá atrás. E a história do uns contra outros cria essa dificuldade que gera atritos dessa natureza”.

Sobre as eleições deste ano, quando deve disputar a reeleição, Temer afirmou que acredita que o “povo brasileiro vai acabar votando em projetos, não exatamente em pessoas”

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo