Doria vai recuar da proposta original de ajuste da Previdência dos servidores

Por Pedro Campos/Rádio Bandeirantes

O prefeito de São Paulo João Doria vai anunciar um recuo na proposta original de ajuste da Previdência dos servidores municipais de São Paulo.

O prefeito e o presidente da Câmara Municipal vão conceder entrevista coletiva, às 12h, na sede da prefeitura.

A pedido dos vereadores, foi retirada a suplementação de alíquota de 5% para quem ganha acima de R$ 5,6 mil.

Na prática, se aprovado o substitutivo, haverá apenas o ajuste da alíquota dos servidores de 11 para 14%.

A contribuição da prefeitura aumenta de 22 para 28%, também como forma de conter o déficit, que é crescente.

No ano passado, o rombo foi de R$ 4,7 bilhões – dinheiro suficiente para manter 350 mil crianças em creches por 1 ano.

Em 2018, de acordo com a Secretaria da Fazenda, a previsão é de que chegue a R$ 5,8 bilhões.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo