Atentado com carro-bomba deixa 4 mortos na Somália

Por Ansa

Um atentado com carro-bomba nos arredores do Parlamento da Somália, em Mogadíscio, deixou quatro pessoas mortas, incluindo o motorista, neste domingo (25). Cerca de 10 indivíduos ficaram feridos.

O veículo foi detonado após ter sido parado por soldados em um posto de controle. Dois militares estão entre as vítimas do ataque, que foi reivindicado pelo grupo terrorista islâmico Al Shabab.

A explosão acontece em meio à expectativa pela retirada da força de 21 mil soldados da União Africana, que, até 2020, passará a gestão da segurança nacional para as tropas somalis.

Apenas três dias atrás, outro atentado com carro-bomba já havia matado 14 pessoas em Mogadíscio, alvo frequente do Al Shabab. A milícia, que é ligada à Al Qaeda, deseja impor uma versão extrema da sharia, a lei islâmica, e tenta expulsar as forças estrangeiras da ex-colônia italiana.

Apesar da ausência de uma reivindicação, a Somália também atribui ao grupo o ataque com caminhão-bomba que matou 512 pessoas em outubro de 2017, no maior ato terrorista da história do país.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo