Vítimas de Steven Seagal contam publicamente detalhes de como ele as estuprou

Por Metro Internacional

O famoso ator e expert em artes marciais  Steven Seagal foi denunciado publicamente por duas mulheres por estupro e assédio sexual quando elas eram apenas adolescentes.

Regina Simons e Fabiola Davis revelaram ao público os detalhes horríveis do crime em uma conferência de imprensa em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Regina revelou que ela participou de uma festa para as filmagens do filme “On Deadly Ground”, em 1992, na mansão de Seagal. Quando ela chegou, percebeu que era a única convidada para aquela reunião.

“Fechou a porta e se aproximou por trás. Começou a beijar meu pescoço e tirar minha roupa. Fiquei em choque”, contou a vítima, que até então não era sexualmente ativa.

Segundo o Infobae, Seagal ofereceu dinheiro à vítima e dias após o incidente tentou entrar em contato. Regina nunca mais falou com ele e não prestou queixa formal.

Fabiola disse que foi atacada em 2002, aos 17 anos. Ela foi apresentada ao ator como modelo e cantora para um projeto. O crime ocorreu em um hotel em Beverly Hills, onde ela havia sido convidada para uma audição.

Tudo teria começado quando um assistente de Seagal pediu para que ela usasse um biquíni debaixo da roupa e depois tirasse a vestimenta.

“Eu fiz e Steven se aproximou e me disse que gostaria de interpretar uma cena romântica para ver a nossa química. Me senti profundamente incomodada e me expressei [na cena] timidamente”, detalhou a atriz que também revelou que Seagal tocou suas partes íntimas.

O caso de Fabiola e Regina foram apresentados ao Gabinete do Procurador Distrital de Los Angeles, na Califórnia.

Foto Reprodução / Divulgação

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo