Márcio França diz que Doria traiu eleitores: 'sensação é de abandono'

Por band.com.br

Márcio França (PSB), vice-governador e pré-candidato de São Paulo, afirmou que o prefeito João Doria (PSDB) traiu os eleitores que votaram nele e comentou sobre a expressão do tucano – comparando a campanha com um casamento – para justificar a saída do cargo.

"Ele declarou, recentemente, que a saída dele era como se fosse um casamento mal sucedido, como se deixasse de amar a pessoa que casou. Ele se casou com os paulistanos e a cidade de São Paulo. Todos nós esperávamos que ele iria cumprir a jornada de ser prefeito", falou, em entrevista ao apresentador Datena, no programa 90 Minutos, da Rádio Bandeirantes, nesta quarta-feira (21).

França também revelou ter votado no prefeito e disse que se sentiu "frustado" pela decisão. "É uma crítica respeitosa, não tenho nada contra a pessoa dele, que é inteligente, hábil, gosto do estilo. Todo mundo imaginou que ele não seria político, como disse várias vezes. Então, não cabe esse perfil de ambição de fazer todas as coisas. Parece uma ansiedade absoluta", declarou o pré-candidato ao governo de São Paulo, que não acredita em "ataques" da parte dele.

"Ele falava que seria 'o melhor prefeito', usando expressões de 'cidade linda', mas não deu tempo de acontecer ainda. Pode até ser que teria ocorrido em quatro anos. Isso aumenta a irritação", contou.

Para o vice-governador, "fica uma sensação de abandono" em dias de completo caos na cidade – se ferindo a chuva que caiu nessa terça-feira (20). "Quem se dedica a ser prefeito, deve estar atento", falou.

Assume governo

Com a saída de Geraldo Alckmin para concorrer à Presidência da República, França irá assumir o Governo de São Paulo durante nove meses. Para ele, dá tempo para fazer muita coisa, mesmo com o período curto.

"Noves meses pode ser pouco, mas se for um casal rápido, já se conhece, namora e tem filhos. No meu estilo, com vontade e, acima de tudo, humildade e dedicação, dá para fazer", disse.

Inclusive, França informou que irá fazer algumas mudanças na gestão de Alckmin, na pasta de Segurança Pública, com projetos focando na juventude.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo